DICAS DE ILUMINAÇÃO

  • 12 de março de 2018
  • -

DICAS DE ILUMINAÇÃO

Falando um pouco da luz na decoração, considero item fundamental na composição dos ambientes e em meus projetos gosto muito de mesclar tipos de luminárias e lâmpadas para obter efeitos diferentes de luz, possibilitando criar diferentes atmosferas em um mesmo ambiente.

Hoje existem diversos tipos de lâmpadas e leds e por isso é cada vez mais importante o conhecimento. Há de se ter cuidado com a temperatura de cada lâmpada, com o posicionamento e quantidade de luz para que o ambiente não fique poluído, nem na penumbra.

Na cozinha, gosto de usar uma iluminação geral para que não haja sombras e nas áreas de trabalho como ilhas e bancadas uma pontual com lâmpadas que tenham um IRC (Índice de Reprodução da Cor) entre 80 e 100.

Nos banheiros, além da iluminação geral, é importante que na bancada onde está o espelho a luz seja distribuída de forma a não crias sombras no rosto na hora da maquiagem ou de fazer a barba. Para isso a quantidade de luz tem que ser a mesma de ambos os lados.

Já nos dormitórios gosto muito de trabalhar com luz indireta através de rasgos de luz, luminárias de chão e abajur. Além de deixar o ambiente aconchegante, dá um efeito bem bacana. Em contrapartida, no closet a luz tem que ser bem generosa e de preferência difusa, para não haver sombras.

Na sala de jantar e estar, é onde podemos brincar mais com a iluminação, além da iluminação geral, dá pra criar alguns circuito que proporcionarem efeitos cênicos, e nesse caso os efeitos luz e sombra são muito bem vindos. Sobre a mesa de jantar podemos ter o controle da intensidade da luz através da dimerização e isso permite criar o clima adequado para cada ocasião.