Atualmente podemos notar um grande aumento na quantidade de apartamentos que são lançados com metragens reduzidas, os chamados studios, que são plantas de apartamentos que não possuem paredes divisórias entre living, cozinha e dormitório.

Essa tendência mundial chegou ao Brasil com força, principalmente devido à mudança nas formas de vida da população, como por exemplo , jovens   que prezam  pela qualidade de vida ,valorizando a mobilidade entre residência e trabalho , saindo da casa de seus pais mais cedo.

Outro uso  desses espaços  reduzidos que vem crescendo é para locação, principalmente entre pessoas de outras cidades ou países, com locações às vezes por períodos de tempo mais curtos , feitas  através de aplicativos de reserva, proporcionando ao  hóspede um custo-benefício menor , em um ambiente mais pessoal  que  um hotel .

Acompanhando essa mudança no modo de morar, elaboramos alguns itens para se levar em consideração na hora de pensar na decoração do espaço, para ter um apartamento confortável,  aconchegante, organizado e bonito esteticamente.

  • O primeiro ponto a se levar em consideração ao trabalhar com apartamentos tipo studio é desenvolver um   layout  de modo a integrar todos os ambientes de forma harmônica e com praticidade, criando assim setorizações sutis através de painéis vazados e móveis  sempre funcionais.

Figura 1 – Projeto Rosely Amabile. |Foto por Henry Lopes|

  • Usar de elementos de expansão. Podemos utilizar materiais para ampliar visualmente o ambiente, um deles muito usado é o espelho por exemplo. Posicionado de maneira adequada no projeto, este elemento é a chave para a sensação de amplitude em espaços reduzidos.

Figura 2 – Projeto Rosely Amabile |Foto por Henry Lopes|

  • Apostar em uma decoração mais clean com elementos que afirmem sua identidade, mas que ao mesmo tempo não causem uma sensação de fechamento ou claustrofobia no espaço.

Figura 3- Projeto Rosely Amabile |Foto por Henry Lopes|

  • Uso de paleta de cores neutras, incluindo marcenaria ,estofados e pintura de paredes, utilizando a cor pontualmente fazendo com que ela se sobressaia no ambiente, trazendo  luz , aconchego e uma sensação de amplitude ao espaço.

Figura 4- Projeto Rosely Amabile. |Foto por Henry Lopes|